segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Sobre a Felicidade

Olá à todos os leitores e amigos do blog, andei sumida desde a semana passada. Estive num Congresso sobre o tema Felicidade. Foi uma experiência enriquecedora. Bastante intenso com subtemas bastante variados, muitas mesas redondas para debaterem a tão desejada e esperada: Felicidade
Muitos questionamentos sobre um tema que ainda gera certa confusão, pois felicidade é um conceito subjetivo a cada um de nós, mas uma certeza tenho, todos estamos em busca de sermos felizes.
Tivemos no Congresso excelentes e conhecidos autores como Helena Marujo, Luís Miguel Neto, Miriam Akhtar que estudam os benefícios da Psicologia Positiva em termos científicos para os desavisados que acham que Psicologia Positiva é um modismo. Há imensos trabalhos nesta linha, para os desavisados e críticos de plantão, não se trata de "auto-ajuda" é mesmo ciência.
Algo que foi senso comum, é que não é possível ser feliz sem ajudar o próximo. 
O imã da Mesquita de Lisboa, o muçulmano David Munir, apresentou com singeleza e graça em breves instantes o conceito de Felicidade, "fazer o bem ao outro é felicidade!". Estás infeliz? Vá há hospitais e visite os doentes, visite aqueles que não tem um lar, converse com quem perdeu a esperança, isso dará um outro sentido a sua vida. Em resumo, saia do seu mundo.
Não espere para ser feliz quando conquistar algo grandioso, as coisas pequeninas é que fazem a grande felicidade, não relegue sua felicidade aos outros. Ser feliz é sua responsabilidade, exprima gratidão, reconcilie-se com seu passado e responda:
O que é bom na sua vida?
Pelo que está grato na sua vida?
O que correu bem no dia de hoje?
Assim estará a buscar um caminho para aprender a ser mais feliz. Experimente fazer este exercício.



8 comentários:

Carolina Ribeiro disse...

Mais um post com conteúdo tão relevante, chamando a atenção para a importância de darmos sentido à nossa vida, saindo de dentro de nós, centrando a nossa atenção nos outros com o desejo e a determinação de lhes sermos úteis, de fazer algo em benefício do próximo. O retorno só pode ser maravilhoso!
Querida Elis já tinha saudades ...Um abraço

Ana disse...

Amei o post! ;)
Um abraço carinhoso

Elis Dias disse...

Carolina GRATIDÃO! Por suas palavras, por estar sempre a acompanhar, a refletir e apoiar-me com mensagens positivas e de incentivo. Obrigada por TUDO!
Amo escrever e poder ter esse contacto com as pessoas, de forma a levar uma palavra que as faça mais felizes, este é meu objectivo na vida. Ter esse feedback é muito importante. Um abraço, saudades e até breve!

Elis Dias disse...

Ana, OBRIGADA! És uma incentivadora, como é bom escrever e saber que tocamos o coração. Sou muito feliz e grata! Obrigada pelo apoio de SEMPRE! Abraço carinhoso e até já!

Carolina Ribeiro disse...

É para mim motivo de aprendizagem quando reflito nos artigos que escreve.Aliás, relativamente a este, ficaram-me as interrogações: "O que é bom na sua vida?
Pelo que está grato na sua vida?
O que correu bem no dia de hoje?". Espero lembrar-me delas em cada dia!

Ana disse...

Elis...Achei o assunto tão interessante e decidi compartilhar com os meus amigos.
É importante parar a nossa correria do dia dia para nos questionar o que realmente nos importa.
Um abraço mega carinhoso
Ana

Elis Dias disse...

Carolina, agradeço imenso e fico muito feliz em saber que o blog é motivo de reflexão para você. A intenção maior com ele é de fazer isto com quem aqui chega. Por isso só posso dizer OBRIGADA e por favor, continue a escrever. Os comentários me enriquecem e me incentivam a continuar. Um forte abraço!

Elis Dias disse...

Ana, OBRIGADA por partilhar com seus amigos. É muito bom saber que o grande objetivo está sendo cumprido, que é refletir, parar e pensar sobre as coisas que lemos em nosso dia a dia, pois muitas vezes apenas passamos os olhos sem nos aprofundarmos em nada. GRATIDÃO SEMPRE! Um abraço carinhoso.