quarta-feira, 13 de abril de 2016

O Mundo está melhor 2!

Foto do porta moedas perdido e encontrado
Tenho provas concretas de que o mundo está mesmo melhor e para provar, vou partilhar o que aconteceu comigo nesta última semana.
Na quinta feira passada dia 07 de abril, fui jogar o lixo num contentor e deixei cair o meu porta moedas na rua e não vi. 
Só fui me dar conta muito tempo depois, revirei minha bolsa, o casaco que vestia, olhei a casa toda. Fui na rua e dei por perdido, achei que sem querer joguei no lixo, pensei que pena que seja útil a quem o encontrar, tinha apenas umas moedas, ainda ri, ando a jogar dinheiro no lixo... Esqueci o assunto. Na segunda dia 11 de abril, entro no mercado próximo a minha casa e ao passar no caixa vejo junto à operadora o porta moedas. Digo para a funcionária que já me conhece: "este porta moedas é meu, eu o perdi na quinta feira". Eis que ela me diz em bom português: "está cá desde a semana passada. Dois jovens disseram que encontraram na rua e vieram entregar, pois achavam que podia ser de alguém conhecido do mercado.Continua a funcionária: menina têm dinheiro dentro, pode olhar". Numa fração de segundos pensei o mundo está mesmo muito melhor... Pensei na bondade, na gentileza, no respeito, na educação, na ética, nos princípios morais destes jovens que encontraram algo na rua que não lhes pertencia e foram entregar no local mais próximo que é o mercado. Senti profunda gratidão, um desejo enorme de agradecê-los tomou conta de mim. Não é pelo valor, pois tinham cerca de 2 euros em moedas, mas pelo ato. 
Uma alegria intensa tomou conta do meu ser e a certeza de que são esses pequeninos atos ou pequenas gentilizas que podemos fazer tornar o nosso mundo muito melhor. Faça aos outros o que você gostaria que fizessem a você! 
GRATIDÃO! 

O mundo está melhor!1

Contrariando todos àqueles que dizem que o mundo está pior, a vida tem me mostrado o contrário. Tudo é uma questão de onde colocamos o nosso olhar e a nossa atenção. Não estou aqui passando por cima da dor ou do sofrimento, estou longe de negar que há dor e sofrimento. Esta é uma questão que já abordei há alguns anos, aqui mesmo no blog: há bondade e generosidade nas pessoas. Sim, há muita generosidade pelo mundo afora.  
Somos bombardeados diariamente por uma mídia que faz questão de escancarar a violência de toda a espécie - intrigas, fofocas, etc. Claro que se há notícias desse teor e programas que difundem e partilham tais temas é porque há quem os assista, goste, compre, divulgue e ganhe com isso. Não há dúvidas. 
Por outro lado há também nesta mesma mídia muita coisa positiva, instrutiva, bela, pessoas generosas, atos de bondade, notícias positivas, situações pacificadoras, boas notícias, gentileza e mudança de atitude. A grande questão ou melhor, o grande desafio é saber para onde vai a nossa atenção, quando estamos em contacto com a internet e suas diferentes mídias( facebook, twiter, youtube, email, etc) e mesmo ao ligar ao TV, comprar um jornal,um livro ou uma revista? É algo para nos questionarmos.
Tive a grata surpresa de ser apresentada a uma série na TV chamada The Kindness Diaries (Aqui em Portugal a série chama-se Posso ficar consigo? Não descobri como se chama no Brasil) que me fez refletir pela positiva algo que constato na minha vida diária e é tema recorrente aqui no blog: o mundo está repleto de pessoas generosas e de atos de bondade. Apenas muitas vezes não são divulgados. Ações negativas ficam sendo massacradas na nossa cabeça constantemente.
Chegou o momento de mudarmos e decidirmos o que queremos assistir, ler, conversar e partilhar. Opções existem, basta começar a divulgar o positivo para que ele possa aparecer mais. 
Foi amor à primeira vista, Leon Logothetis é um destemido viajante que está dando a volta ao mundo a procura de atos de bondade. Ele vai encontrando pessoas nas ruas pelos mais diferentes países e aposta na generosidade. Das pessoas ela conversa e as aborda a pedir que as mesmas as hospedem em sua casa por uma noite.Claro que contando assim parece simples, só que não. Imagine que um estranho te aborda na rua e pede: posso dormir na sua casa hoje? O que você faria? 
Muitos que são abordados dizem um não categórico, muitos dizem sim e quando não podem indicam outras pessoas que poderão recebê-lo, dar uma boleia (carona). Muitos não o hospedam mas levam-no para conhecer a cidade, contam pormenores, falam da história do país, mostram pontos que apenas um local pode apresentar à um viajante. Generosidade e gentileza, também são atos de bondade. 
Foi dos melhores programas que vi nos últimos tempos na TV. As histórias, as vivências, as viagens (que são algo que amo muito), a simplicidade das pessoas,  a gentileza, a generosidade invulgar foram espantosas, realmente fiquei fã e gostaria de partilhar com vocês amigos e leitores do blog.
Recomendo vivamente que assistam e divulguem.
Abaixo o trailer da série. 
Veja também o site:
http://www.leonlogothetis.com/about/