segunda-feira, 18 de julho de 2011

Chegamos na Metade de 2011 - Muda de Vida!

Chegamos ao mês de Julho de 2011 e mais da metade do ano já se passou. Como passa rápido! Costumamos dizer. É verdade, passa mesmo...
Minha pergunta é, o que você tem feito para alcançar suas metas? Aquelas metas que muitos escreveram na noite do Revellion lá em 2010. Foram esquecidas? Deletadas da sua memória ou estão fresquinhas?Sendo alimentadas dia a dia por você? Pode ser como meta, emagrecer alguns quilos, mudar de emprego, conseguir um novo emprego, melhorar seu inglês, ter mais paciência consigo próprio, com o outro, mudar de casa ou mudar de vida. Mudanças grandes, outras pequenas, que precisam apenas ser iniciadas com coragem, iniciativa e um plano de ação eficiente.

Muitas vezes no final do ano escrevemos uma lista imensa de "eu tenho..." que procurar um novo emprego", "preciso fazer" uma caminhada, entrar no ginásio(academia), "preciso cuidar da minha saúde", "tenho que" mudar hábitos prejudiciais! "Tenho de", "preciso", são apenas umas palavras de pressão, elas precisam virar um propósito para que passado a euforia dos primeiros dias do ano, as metas não sejam esquecidas ou abandonadas e você viva até o final do ano a reclamar, sem ter feito nada ou muito pouco pelas suas metas.
Se não houver verdadeiro empenho, vigilância e comprometimento com uma mudança interior. Tem que ter um querer genuíno, uma tomada de consciência de suas capacidades e partir para a mudança, senão essas metas não chegam até o Carnaval que ronda fevereiro, este ano foi em março. Alguém lembra disso?

Não adianta apenas escrever as metas numa agenda ou caderno novinhos se elas estão esquecidas e guardadas para só serem olhadas no final de 2011.
O que você está fazendo por suas metas? Quer mesmo realizá-las? Tem feito alguma coisa para alcançá-la?
Quantas vezes escuto algo do tipo "queria tanto conseguir um emprego melhor mas o país está em crise e é tudo tão difícil"(Aqui em Portugal, outrora no Brasil, pois afinal passamos por inúmeras crises... )Realmente a crise econômica chegou na Europa e Estados Unidos e não parece que irá embora tão já. Crise é mesmo oportunidade para os que conseguem pensar "out of the box" (fora da caixa). O que questiono é o que você tem feito verdadeiramente para sair da sua zona de conforto? Tem feito as mesmas coisas? Então é certo, terá as mesmas respostas, simples assim.

Para conquistar um emprego é necessário mais que se cadastrar nos sites de busca de emprego. É preciso acionar ferramentas interiores como atitude, iniciativa, coragem. Acessar ainda sua rede de contatos(networking), não é ter um milhão de amigos no facebook e nenhum contacto presencial, não adianta ter apenas relações por interesse se só procura a pessoa nos momentos de dificuldade . É preciso uma dose extra de paciência, trabalhar suas competências, habilidades e mudar atitudes.
Estou falando apenas do aspecto profissional. Só que numa análise de meio de ano, precisamos olhar nossa vida de forma integral. É preciso sentir que se está a fazer algo. Como está sua vida? Seu meio ambiente físico? Sua saúde já fez seu check-up anual? Como está sua carreira? Seus relacionamentos(amigos, familiares)? Sua vida amorosa, é casado(a)? solteiro(a), está num relacionamento que não ata nem desata? Está em cima do muro? Como anda seu Desenvolvimento Pessoal? Suas Finanças? Diversão e Recreação tem feito algo por alguma dessas áreas? Anda tudo como uma expressão que usamos no Brasil, está tudo "meia bomba", para dizer é tá indo... indo pra onde? Se você não sabe pra onde está indo qualquer caminho serve, na frase célebre do filme "Alice no País das Maravilhas".

Ainda dá tempo de mudar o que precisa ser mudado. Antes que se diga nossa, já é Natal e vá se passando um ano inteiro apenas a reclamar.
AÇÃO!
Tem uma música chamada Muda de Vida que considero o hino da mudança. Do cantor e poeta português Antonio Variações(já falecido), a letra diz tudo. O vídeo abaixo é com gravação dos Humanos que fizeram esta bela homenagem.

Muda de vida se tu não vives satisfeito
Muda de vida, estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, não deves viver contrafeito
Muda de vida, se há vida em ti a latejar

Ver-te a sorrir eu nunca te vi
E a cantar, eu nunca te ouvi
Será de ti ou pensas que tens...que ser assim?...

Olha que a vida não, não é nem deve ser
Como um castigo que tu terás que viver
Olha que a vida não, não é nem deve ser
Como um castigo que tu terás que viver

4 comentários:

gremunhoz disse...

Que fofice de vídeo Elis. Internamente já estou fazendo meu balanço semestral (adorei a ideia!), mas as respostas só virão mesmo naquela TMFA (tradicional mensagem de final de ano)que você sempre apoiou e apoia. Falemos por skype anjo do sol!

Elis Dias disse...

Gre, é demais a letra da música, super profunda e nos faz refletir mesmo, principalmente para quem só fica a reclamar e não age...
O balanço semestral é pra isso, nos fazer pensar e avaliar como estamos indo.Já sei que chegou o Natal por conta da TMFA, faz parte da minha vida. Beijos minha querida, seu carinho é DEMAIS :)

susana c. disse...

Olá Elis. É boa a ideia do balanço semestral - o resultado do meu é que nem por isso :) Por acaso sempre achei muito pertinente esta música doAntónio Variações, Foi bem escolhida!

Elis Dias disse...

Pois é Susana, a vantagem de fazermos o balanço semestral é que dá tempo de tomar medidas ou caminhos diferentes, antes do final do ano. Sempre há esperança e luz no fim do túnel. Beijokasss